fbpx
f t g
Copyright 2019 - ANIAP

A ANIAP – Associação Nacional de Informáticos da Administração Pública surge com o objetivo de representar a classe dos profissionais das Tecnologias de Informação que desenvolvem a sua atividade profissional em entidades públicas, quer na administração central, local quer em entidades públicas empresariais.

Uma vez que nos dias de hoje, os informáticos assumem um papel primordial ao nível institucional, sendo vistos como uma peça central e fundamental para o bom funcionamento de uma organização e, verificando-se a inexistência de uma associação que represente esta classe profissional em emergência no serviço público, surgiu a necessidade de criação da ANIAP. Neste sentido, os fundadores tiveram como preocupação criar uma plataforma que os represente, que dinamize atividades (eventos/encontros/colóquios), formações, workshops entre outros, e que, simultaneamente, promova a valorização dos profissionais deste setor tecnológico e que sirva com uma ferramenta de apoio e entreajuda para os associados.

A ANIAP vai procurar valorizar e fomentar o papel dos informáticos, nas organizações públicas, tentando representar o maior número possível de profissionais, criando para este fim parcerias estratégicas, com vista à prossecução da sua missão e objetivos.

Apesar da sede da Associação ser em Coimbra, vai procurar obter uma abrangência nacional, pois é preocupação dos membros constituintes, que todos os informáticos vejam a ANIAP como um elo de ligação entre a classe profissional e o sector público.

Após a apresentação pública do passado dia 27 de outubro, queremos em primeiro lugar agradecer a todos os que estiveram presentes e participaram ativamente. Galeria de fotos.

Estamos a organizar o 1º ENIAP - Encontro Nacional de Informáticos da Administração Pública, que terá lugar a 26 de janeiro de 2019, em Coimbra. O programa do ENIAP será do interesse de todos os informáticos e será mais um momento de valorização do informático assim como de networking, intercâmbio e partilha.

Inscrições até 20 de janeiro de 2019.